Scroll Top
50 DICAS DE LIVROS EXTRAORDINÁRIOS PARA VOCÊ CRIAR UM MINDSET DE SUCESSO E RIQUEZA

Coloque Seu Melhor Email  e receba o Ebook 50 DICAS DE LIVROS EXTRAORDINÁRIOS PARA VOCÊ CRIAR UM MINDSET DE SUCESSO E RIQUEZA

 

Desenvolvimento Pessoal

Como a Atenção Plena e a Produtividade Andam juntas

Como a Atenção Plena e a Produtividade Andam juntas

Todo ano, a publicação de rankings das “melhores empresas para se trabalhar”, da “cultura das empresas” e até de “benefícios especiais no trabalho” fazem milhares de empresas se esforçarem para ter um espaço nessas listas. Muitas delas acreditam que benefícios variados para empregados são o suficiente para conseguir constar nos rankings e ainda manter os funcionários felizes.

Entre esses benefícios, é comum encontrar planos de saúde diferenciados, com nível de atendimento melhor que o básico. Mas a atenção plena (ou consciência plena) está virando moda entre as empresas que querem dar mais atenção ao bem-estar geral de seus funcionários. Na era em que a felicidade no trabalho está diretamente ligada a retenção de colaboradores, atenção plena no local de trabalho é a chave!

Hoje em dia é muito fácil estar conectado a diversos aparelhos, aplicativos e projetos ao mesmo tempo. Mas você está em contato consigo mesmo, intrinsecamente? Apesar de parecer um pouco contraditório “roubar” um tempo de suas tarefas e obrigações para se centrar em si mesmo, isso realmente pode reduzir as ansiedades relativas às constantes mudanças de foco no seu dia a dia.

Consciência Plena e produtividade: não é coisa só de quem faz Yoga.

Empresas como Gloogle, Target e aqui mesmo na Trello estão adicionando benefícios como meditação e treinamentos de atenção plena, e às vezes temos uma lista de espera de um mês.

Ver empresas investindo em atenção plena é uma mudança notável, dado que sempre se acreditou que momentos de pausa no trabalho eram a ruína da produtividade. Mas um estudo de 2014 da Escola de Negócios Kenan-Flager, da Universidade do Norte da Califórnia, mostrou que esse conceito é um pouco arcaico e apresentou os benefícios da consciência plena no local de trabalho, sugerindo inclusive que este procedimento fosse não apenas encorajado, mas obrigatório.

Os obstáculos da atenção plena são realmente sua natureza abstrata e as muitas distrações e tarefas aparentemente mais importantes com que lidamos a todo momento. A consciência plena, na maioria dos casos, só é atingida pela prática constante da meditação, que é o ato de sentar-se calmamente e quieto e se focar em elementos como respiração, ideias relaxantes, ou mesmo em nada em particular.

Além disso, mais estudos ainda são necessários para determinar se a atenção plena é a causa do aumento de produtividade ou se está apenas relacionada a ela. Antes de falar para você mesmo se reconectar com sua mente, reserve 5 minutos para focar no que vem pela frente e sinta a calma e tranquilidade invadirem você assim que der uma pausa em sua lista de tarefas.

Quem deveria praticar atenção plena e por quê?

Praticamente todo mundo. No passado, pesquisas sobre atenção plena no trabalho se focavam em cargos executivos e na performance cognitiva associada a esse trabalho.

Estudos mais recentes, no entanto, focaram particularmente em trabalhadores de redes de restaurantes do Sudoeste dos Estados Unidos. Os gerentes afirmam que empregados que têm pontuação alta em atenção plena também mostram um desempenho melhor, destacando a necessidade de atenção em locais de trabalho de rítimo acelerado.

Antes de tentar qualquer tipo de auto-aperfeiçoamento, lembre-se que o resultado normalmente é mais efetivo quando você sabe o que está fazendo. Em um tempo em que a linha divisória entre vida pessoal e trabalho está cada vez mais difícil de enxergar, todo seu stress pode eclodir a qualquer momento, levando a comentários nada apropriados no local de trabalho ou à sensação de que você não tem tempo para cuidar de si mesmo.

Acredita-se que a atenção plena melhora a comunicação e o foco, reduz a ansiedade e o stress e dá um gás em suas habilidades cognitivas, nas leituras e nas atividades do dia a dia: isso faz de você uma pessoa melhor, mais calma e atenta.

E não é só isso, dizem que a atenção plena reduz até a mortalidade!

 

atencao-plena-trabalho

Como você pode ser mais atento?

 

O objetivo da atenção plena é “reconhecer e aceitar” o que está se passando no seu cérebro. Para se chegar a este ponto de aceitação é preciso passar por 3 etapas:

Definir sua intenção.
Focar naquilo que está acontecendo em sua frente.
Criar um espaço aberto e seguro para refletir.

Para aqueles que estão com um prazo apertado, pensando no que precisam comprar no mercado e tentando adivinhar se conseguirão retomar aquele trabalho anterior que já está atrasado, trazer sua atenção para o presente será uma tarefa desafiadora. Mas existem pequenas ferramentas simples que podem te ajudar a chegar lá.

Alguns sugerem não fazer nada. Isto é, literalmente ficando longe do seu telefone e computador e visualizando um espaço vazio, real ou imaginário. Não ter o seu trabalho na sua frente ajuda a focar no presente. Você tem um monitor na mesa? Vá procurar um lugar tranquilo pelos corredores ou use o elevador para passear pelo andares.

Outros estudos mostram que incorporar os sentidos da visão, olfato, tato e paladar podem abrir espaço para você se sentir presente. Exemplos disso são segurar um objetivo que você gosta e te conforta (como o famoso cobertor do Linus, aquele personagem do Snoopy), mudar a temperatura do seu corpo lavando as mãos com água fria ou quente, ou sentir um perfume que acalma, como lavanda.

Gestores costumam encorajar suas equipes a manter um pequeno objeto que eles não associam com trabalho no bolso. Toda vez que tocam nele, isso aciona um sentimento de conexão com a realidade.
“Mas eu estou tão ocupado para me lembrar de estar atento.”

Existe um aplicativo para isso. Na verdade, vários.

Headspace – Eles se auto-intitulam “um passe livre para uma academia mental”, e o app inclui horas de conteúdo original. Ao se inscrever você tem direito a diversos períodos de meditação guiada ou não guiada. Aqui na Trello os funcionários tem acesso ao app e ele se tornou bastante popular. Confira.

Calm – É parecido com o Headspace, mas é mai fácil de interagir. Assim que você loga, recebe uma série de tipos de meditações para escolher. É também o único site que toca musica de fundo: o cantar suave e calmo de passarinhos. Explore este app.

Muse – Muse é uma fascinante combinação de aplicativo com um hardware que você coloca na testa para tirar uma foto da sua atividade cerebral durante a meditação (calma, é seguro!). Depois de cada sessão o aplicativo no seu celular te dá um feedback sobre sua atenção plena. É um pouquinho caro: U$ 249,00, mas tem excelentes recomendações. Saiba mais.

5 minutos de meditação são realmente suficientes?

Agora você está querendo mais. Especialistas sugerem começar com 5 minutos, pois é uma dose mais fácil de engolir do que 30 ou 60 minutos de meditação de uma vez. Ir aos poucos com a atenção plena, como em qualquer tipo de exercício físico, é o ideal.

Depois de uma semana de 5 minutos para você mesmo, tente deixar sua sala por 15 minutos todo dia. Existem vários estudos que mostram que o atravessar de uma porta está ligado a “esquecer” e, supostamente, pode te ajudar a limpar a cabeça do stress do momento.

Ironicamente, ser mais atento e lembrar de se desconectar é fundamental para estar em foco. Agora que pesquisas se dedicam ao assunto, estão se ressaltando os benefícios da consciência plena e da produtividade para se atingir não apenas objetivos pessoais, mas profissionais também.

 

Por Suzanne Zuppello

Quer receber um Ebook Sensacional!

Quer receber um Ebook Sensacional!

Coloque seu email abaixo e receba gratuitamente Ebook 50 DICAS DE LIVROS EXTRAORDINÁRIOS PARA VOCÊ CRIAR UM MINDSET DE SUCESSO E RIQUEZA

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Espere, Temos Um E-book gratuito para Você!  

 

SOMOS CONTRA SPAM